v. 45 n. 129 abr-jun (2021): Saúde em Debate

Saúde em Debate v. 45, n. 129, abr-jun, 2021

“Enquanto estas linhas estão sendo escritas, o Brasil atingiu 18 milhões de casos de Covid-19 e acabou de romper a barreira das 500 mil mortes por essa doença. O Presidente da República faz blagues, estimula aglomerações, desincentiva a vacinação. O ano de 2020 encerrou com o País de volta ao Mapa da Fome das Nações Unidas: 60% dos domicílios brasileiros em situação de insegurança alimentar, 15% em situação de insegurança alimentar grave – a fome propriamente dita. Junho de 2021, quase 15 milhões de desempregados, dos quais cerca de 3,5 milhões há mais de dois anos” – abertura do editorial do novo número da ‘Saúde em Debate’ assinado por José Carvalho de Noronha e Lucia Souto, diretor e presidenta do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes).

O volume 45, nº 129 apresenta artigos sobre: Comissão Intergestores Regional como mecanismo de governança da política de saúde no Ceará; reflexão sobre o discurso de bem-estar e desenvolvimento no neoliberalismo: o caso do sistema de saúde colombiano; atores da regulação assistencial no SUS; desempenho dos serviços de saúde do SUS em Pernambuco; Gestão participativa na Estratégia Saúde da Família (Método Paideia); coordenação do cuidado no Consultório na Rua no município do Rio de Janeiro; Rede Mãe Paranaense; Política Nacional de Saúde Integral da População Negra; Elaboração e validação de um instrumento para mensurar Autopercepção de Saúde em adultos; gastos com internações compulsórias por consumo de drogas no Espírito Santo; barreiras de acesso para Homens que fazem Sexo com Homens à testagem e tratamento do HIV em Curitiba; satisfação e acesso à saúde bucal das pessoas que vivem com HIV/Aids no nordeste brasileiro; práticas estéticas e corporais: criação e produção de subjetividade na atenção psicossocial; Lista de Doenças Relacionadas ao Trabalho; arte afro-brasileira como fortalecimento identitário entre estudantes de medicina; necessidades em(de) saúde: conceitos, implicações e desafios para o SUS; emendas parlamentares em saúde no contexto do orçamento federal; produção científica sobre Cuidados Intermediários e Hospitais Comunitários; instrumentos mais utilizados na avaliação da exposição a Experiências Adversas na Infância; práticas de Atenção Primária à Saúde na área de drogas;  produção científica sobre os serviços farmacêuticos comunitários no enfrentamento da pandemia pelo coronavírus; resenha do livro ‘Política de controle do tabaco no Brasil’ de Leonardo Henriques Portes.

Publicado: 2021-06-25

Edição completa