Características e demandas da população em situação de vulnerabilidade social acompanhadas em Belford Roxo (RJ)

Autores

Palavras-chave:

Direitos humanos. Política pública. Seguridade social. Carência social. Família.

Resumo

O objetivo deste estudo é descrever as características e demandas das famílias em acompanhamento no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Santa Marta do município de Belford Roxo/RJ, no período de 2006 a 2017. Trata-se de estudo transversal descritivo com dados extraídos das fichas de acompanhamento. Um total de 87 famílias foi acompanhada no período. A maioria dos responsáveis familiares era do sexo feminino (92,0%), menor de 40 anos (59,8%), solteira (92,0%) e com ensino fundamental incompleto (89,7%). As principais demandas foram o descumprimento de condicionalidade do Programa Bolsa Família (28,7%) e evasão escolar (26,4%).  O serviço de saúde (33,3%) foi o que teve maior encaminhamento intersetorial. O tempo mediano de acompanhamento foi de 53 meses. Não houve diferença no tempo de acompanhamento em função do grupo etário, sexo, vínculo de trabalho informal ou precário, receber benefício, forma de acesso, tipo de demanda e registro de plano de acompanhamento (p≥0,272). A maioria das famílias em acompanhamento foi por demanda espontânea (86,2%), mas não havia registro da situação de vulnerabilidade que vivenciavam. A identificação das famílias que necessitam de acompanhamento é importante para garantir acesso aos direitos socioassistenciais, além de contribuir para superar as desigualdades sociais existentes.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

1.
Carrilho Lisbôa L, Reis Girianelli V, Fadel de Vasconcellos LC. Características e demandas da população em situação de vulnerabilidade social acompanhadas em Belford Roxo (RJ). Saúde debate [Internet]. 30º de junho de 2022 [citado 13º de agosto de 2022];44(125 abr-jun):438-50. Disponível em: https://saudeemdebate.org.br/sed/article/view/2903

Edição

Seção

Artigo Original