Modelo para avaliação da efetividade da atuação fisioterapêutica na atenção básica

Autores

  • Joyce Ribeiro Rothstein Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – Florianópolis (SC), Brasil. https://orcid.org/0000-0002-8303-0381
  • José Francisco Gontan Albiero Fundação Universidade Regional de Blumenau (Furb) – Blumenau (SC), Brasil. https://orcid.org/0000-0002-9042-395X
  • Sérgio Fernando Torres de Freitas Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – Florianópolis (SC), Brasil.

Palavras-chave:

Modalidades de fisioterapia, Avaliação em saúde, Atenção Primária à Saúde

Resumo

A pesquisa objetivou elaborar um modelo para avaliação da efetividade da atuação fisioterapêutica na atenção básica. O modelo foi elaborado com base na literatura, em entrevistas com experts envolvidos na atuação fisioterapêutica na Atenção Básica à Saúde e conferência de consenso para validação com especialistas. A matriz avaliativa proposta é composta por três dimensões – ações assistenciais, de gestão e de promoção de saúde – e nove indicadores. Esse modelo proposto será posteriormente aplicado para verificar sua aplicabilidade, necessidade de ajustes e possibilidade de replicação em diferentes contextos.

Downloads

Publicado

2024-04-03

Como Citar

1.
Ribeiro Rothstein J, Gontan Albiero JF, Torres de Freitas SF. Modelo para avaliação da efetividade da atuação fisioterapêutica na atenção básica. Saúde debate [Internet]. 3º de abril de 2024 [citado 16º de junho de 2024];48(140):e8749. Disponível em: https://saudeemdebate.org.br/sed/article/view/8749

Edição

Seção

Artigo Original