Emergências em Saúde Pública, desastres e risco

perspectivas e abordagens a partir das ciências sociais

Autores

Palavras-chave:

Desastres, Emergências, Saúde pública, Ciências sociais, Risco

Resumo

Emergências em saúde pública e desastres são eventos que causam importantes impactos sobre a sociedade, afetando a vida e o cotidiano das pessoas, e suas condições de saúde e segurança. As ciências sociais têm um papel fundamental na análise de tais eventos, ao fornecer uma perspectiva crítica na dimensão das estruturas sociais, culturais, políticas e econômicas. Neste artigo buscou-se abordar os conceitos de emergências em saúde pública e desastres, e suas inter-relações com as estruturas sociais,  ao analisar como os  teóricos sociais trabalham o tema sob o enfoque do risco e das ações de gestão do risco de desastres, para melhor compreender os processos de vulnerabilização social. Para isso foi realizada pesquisa bibliográfica com foco nas abordagens sociológicas,  conceituais/epistemológicas, buscando fornecer elementos para a construção de ideações, tecnologias e práticas que possam ser agregadas às ações de gestão de risco. Concluiu-se pela necessidade de (re)análises desses fenômenos a partir do olhar dos teóricos do Sul, além da ampliação da discussão em busca da aproximação entre as ciências e as bases interdisciplinares, na direção da estruturação de arcabouço teórico mais consensual e plausível para o campo das emergências e desastres.

Downloads

Publicado

2023-12-03

Como Citar

1.
Silveira LTC da, Oliveira AB de. Emergências em Saúde Pública, desastres e risco: perspectivas e abordagens a partir das ciências sociais. Saúde debate [Internet]. 3º de dezembro de 2023 [citado 22º de fevereiro de 2024];47(139):844-57. Disponível em: https://saudeemdebate.org.br/sed/article/view/8470

Edição

Seção

Artigo Original