Melhoria do acesso e da qualidade da Atenção Básica: perspectiva dos Agentes Comunitários de Saúde

Autores

  • Ana Claudia Pinheiro Garcia Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)
  • Maria Angélica Carvalho Andrade Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)
  • Eliane de Fátima Almeida Lima Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)
  • Érika Maria Sampaio Rocha Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)
  • Rita de Cássia Duarte Lima Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)

Palavras-chave:

Agentes Comunitários de Saúde. Atenção Primária à Saúde. Política de saúde. Saúde da família. Avaliação em saúde.

Resumo

A pesquisa objetivou descrever como ocorreu a participação dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) no Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) e avaliar sua perspectiva em relação às melhorias no acesso

e na qualidade da Atenção Básica (AB). Trata-se de estudo descritivo, transversal com abordagem quantitativa, realizado com 133 ACS vinculados às equipes de saúde da família que aderiram ao programa. Observou-se a necessidade de maiores esforços dos municípios para incentivar a inclusão dos ACS nos processos avaliativos e melhorar a sua capacitação, visando adequar seu nível de apreensão e conhecimento sobre o acesso e qualidade do cuidado na AB.

Publicado

2018-09-01

Como Citar

1.
Garcia ACP, Andrade MAC, Lima E de FA, Rocha Érika MS, Lima R de CD. Melhoria do acesso e da qualidade da Atenção Básica: perspectiva dos Agentes Comunitários de Saúde. Saúde debate [Internet]. 1º de setembro de 2018 [citado 30º de janeiro de 2023];42(118 jul-set):606-17. Disponível em: https://saudeemdebate.org.br/sed/article/view/7654

Edição

Seção

Artigo Original