Uso de agrotóxicos e saúde de trabalhadores rurais em municípios de Pernambuco

Autores

Palavras-chave:

Agrotóxicos, Perfil de saúde, Saúde da população rural, Saúde do trabalhador, Vigilância em saúde do trabalhador

Resumo

Desde 2013, Pernambuco desenvolve o Plano de Vigilância em Saúde de Populações Expostas aos Agrotóxicos, cujas estratégias incluem o cadastro de trabalhadores rurais aplicadores de agrotóxicos, realizado pelas Equipes de Saúde da Família. Com o objetivo de descrever as características do uso de agrotóxicos, o perfil dos trabalhadores atuantes com essa prática e as condições de saúde que os constitui foram analisados, no período de janeiro de 2015 a agosto de 2019. Realizou-se estudo transversal, descritivo, em que as variáveis selecionadas foram organizadas em quatro grupos: 1) Características sociodemográficas; 2) Condições de saúde; 3) Características do uso do agrotóxico; e 4) Princípios ativos mais utilizados e suas categorias de análise. Os resultados evidenciam que, entre os aplicadores de agrotóxicos, encontram-se pessoas menores de idade, idosas, analfabetas, sem treinamento e sem Equipamento de Proteção Individual; a utilização de agrotóxicos proibidos e classificados como extremamente tóxicos; e a comercialização de agrotóxicos sem o controle adequado. Além de apontar caminhos mediante a análise do cenário apresentado, esta pesquisa indica a urgência de articulação intersetorial para a efetividade da
promoção e proteção da saúde dessa população. 

Downloads

Publicado

2022-07-04

Como Citar

1.
Pessoa G, Albuquerque PCC de, Cotrim GS, Gurgel A do M, Lira PVR de A, Gurgel IGD, Campos AG. Uso de agrotóxicos e saúde de trabalhadores rurais em municípios de Pernambuco . Saúde debate [Internet]. 4º de julho de 2022 [citado 1º de dezembro de 2022];46(special 2 Jun):102-21. Disponível em: https://saudeemdebate.org.br/sed/article/view/5069