Toxicologia critica aplicada aos agrotóxicos - perspectivas em defesa da vida

Autores

Palavras-chave:

Medição de risco. Toxicologia. Agroquímicos. Marcos regulatórios.

Resumo

A toxicologia é aplicada aos processos regulatórios tendo como base central a linearidade das relações entre a dose e o efeito e a possibilidade de estabelecer condições de exposição seguras. Isso ocorre apesar das limitações apontadas pela literatura cientifica. A concepção, a definição das metodologias e a condução da avaliação de risco dos agrotóxicos acaba por atender aos interesses econômicos e a definição de cenários de segurança distantes da realidade. As limitações metodológicas dos estudos exigidos para fins de registro de um agrotóxico envolvem: a desconsideração das interações entre as misturas utilizadas; a não previsão de curvas dose-resposta não lineares (horméticas); a compartimentalização dos desfechos analisado; a exposição nos períodos críticos do desenvolvimento e a desconsideração do contexto, das diversidades individuais, coletivas e dos territórios expostos aos agrotóxicos, dentre outros aspectos discutido nesse ensaio. A Toxicologia crítica propõe que a avaliação toxicológica deva partir da integralidade do problema no contexto apresentando propostas que podem ser adotadas nos processos de regulação de agrotóxicos e outras substâncias potencialmente perigosas.

Downloads

Publicado

2022-07-04

Como Citar

1.
Friedrich K, Gurgel A do M, Sarpa M, Bedor CNG, Siqueira MT de, Gurgel IGD, Augusto LG da S. Toxicologia critica aplicada aos agrotóxicos - perspectivas em defesa da vida. Saúde debate [Internet]. 4º de julho de 2022 [citado 12º de agosto de 2022];46(especial 2 jun):293-315. Disponível em: https://saudeemdebate.org.br/sed/article/view/5002