O caráter pandêmico dos desastres socioambientais e sanitários do agronegócio

Autores

  • Wanderlei Antonio Pignati Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
  • Mariana Rosa Soares Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) https://orcid.org/0000-0002-0417-2614
  • Marcia Leopoldina Montanari Correa Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
  • Luis Henrique da Costa Leão Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)

Palavras-chave:

Agronegócio. Pandemia. Poluição ambiental. Agrotóxico.

Resumo

O processo de produção do agronegócio químico-dependente é um dos maiores geradores de riscos, desastres socioambientais e sanitários de caráter pandêmico. Ele atua na determinação social da saúde-doença-danos ambientais, levando a situações críticas, riscos e vulnerabilidades, exploração humana, intoxicações agudas e crônicas e degradações ecológicas como efeitos de suas formas danosas de estabelecer inter-relações entre produção-ambiente-sociedade. O setor tem contribuído diretamente para a crise ecológica e sanitária globalizada ao dar origem a sindemias, insegurança alimentar, contaminação das águas, alimentos além de produzir doenças infecciosas novas e/ou reemergentes. Neste ensaio crítico, com base nos estudos do Núcleo de Estudos Ambientais e Saúde do Trabalhador da Universidade Federal de Mato Grosso, demonstram-se diferentes elementos ameaçadores, destrutivos, degradantes e violadores do direito à saúde dos trabalhadores e ambiental nos principais elos da cadeia produtiva do agronegócio. Em seguida, utilizando também análises de documentos públicos, normativas do Estado e dados de sistemas de vigilância em saúde, evidenciam-se os processos de contaminação de alimentos e água decorrentes dos agrotóxicos, bem como apresenta-se uma crítica às tendências políticas que giram em torno do agronegócio. Por fim, destaca-se a necessidade premente de uma transição agroecológica enquanto resposta às doenças e às sindemias do agronegócio.

Downloads

Publicado

2022-07-05

Como Citar

1.
Pignati WA, Soares MR, Correa MLM, Leão LH da C. O caráter pandêmico dos desastres socioambientais e sanitários do agronegócio. Saúde debate [Internet]. 5º de julho de 2022 [citado 1º de dezembro de 2022];46(special 2 Jun):467-81. Disponível em: https://saudeemdebate.org.br/sed/article/view/4992