Edição de humanos por meio da técnica do Crispr-cas9: entusiasmo científico e inquietações éticas

entusiasmo científico y preocupaciones éticas

Autores

  • Anor Sganzerla Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)
  • Leo Pessini Pontifícia Universidade Lateranense (PUL) https://orcid.org/0000-0002-7940-2998

Palavras-chave:

Bioética. Edição de genes. Sistemas Crispr-Cas.

Resumo

Esta reflexão crítica se dá em torno da ética científica do Crispr-Cas9, e estrutura-se em cinco momentos: (1) Iniciamos recordando o filme Gattaca  e o experimento de edição de embriões humanos através da técnica Crispr-Cas9, protagonizado por He Jiankui, no final de 2018, na China, e, que chocou o mundo científico. (2) A seguir faremos uma incursão em busca de compreensão sobre a descoberta do Crispr-Cas9 e que tipo de implicações éticas traz à humanidade. (3) Nessa etapa faremos considerações em torno da pesquisa científica desta revolucionária técnica de edição de genes, que tem que continuar e evoluir, mas respeitando diretrizes éticas. (4) Necessita-se de diretrizes éticas para a governança das técnicas de edição do genoma humano. Alguns princípios éticos gerais são propostos. (5) Finalizamos nossa reflexão apontando para a necessidade de se fazer uma ciência com consciência, prudência e responsabilidade, para se construir um futuro com esperança ética, evitando o alarmismo apocalíptico (tecnofobia) de um lado, bem como, o utopismo tecnológico ingênuo (tecnoutopia) de outro.       

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

1.
Sganzerla A, Pessini L. Edição de humanos por meio da técnica do Crispr-cas9: entusiasmo científico e inquietações éticas: entusiasmo científico y preocupaciones éticas. Saúde debate [Internet]. 30º de junho de 2022 [citado 13º de agosto de 2022];44(125 abr-jun):527-40. Disponível em: https://saudeemdebate.org.br/sed/article/view/2999