Análise da eficiência de hospitais regionais em um estado do Nordeste

Autores

  • João Paulo Teixeira Silva Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Palavras-chave:

Hospitais Gerais, Indicadores de Serviços, Custos Hospitalares, Avaliação em Saúde

Resumo

O Sistema Único de Saúde foi criado com a finalidade de alterar a situação de desigualdade na assistência à Saúde da população. O hospital, sendo uma instituição de elevada complexidade, surge como um dos mais importantes componentes deste sistema, principalmente por nele estar empregado grande investimento, assim, ele precisa enfatizar o seu controle de custos. O objetivo deste estudo é avaliar a eficiência de hospitais regionais das principais regiões do estado do Rio Grande do Norte, à luz de indicadores hospitalares. Trata-se de um estudo avaliativo de metodologia quantitativa, no qual foram selecionadas seis unidades hospitalares integrantes da rede estadual do estado brasileiro, sendo duas de cada porte, no ano de 2014. Todos os dados são secundários provenientes dos sistemas oficiais de informação e das secretarias de saúde. Os melhores desempenhos, diagonosticados a partir dos indicadores, foram encontrados nas unidades de grande porte, enquanto os de pequeno apresentam baixa resolubilidade e eficiência. Considerando o papel das unidades de referência regionais, o qual é ofertar assistência médica de maior complexidade à população, observa-se que, o excesso de hospitais regionais de pequeno porte, com baixa resolutibilidade e eficiência, mais oneram o estado do que propiciam melhora da qualidade de vida da população.

Downloads

Publicado

2022-04-22

Como Citar

1.
Silva JPT. Análise da eficiência de hospitais regionais em um estado do Nordeste. Saúde debate [Internet]. 22º de abril de 2022 [citado 13º de agosto de 2022];43(120 jan-mar):84-97. Disponível em: https://saudeemdebate.org.br/sed/article/view/267

Edição

Seção

Artigo Original